domingo, 4 de setembro de 2011

4º Ciclo de Cinema e Reflexão Aprender a Viver, Aprender a Morrer acontece de 8 a 11 de setembro

Cinemateca Brasileira sedia ciclo de cinema e reflexão sobre a condição humana, a vida e sua terminalidade

Em sua quarta edição, o 4º Ciclo de Cinema e Reflexão Aprender a Viver, Aprender a Morrer acontece de 8 a 11 de setembro com homenagem a Eclea Bosi, destacando seus estudos sobre memória e sociedade

Fruto da exitosa parceria entre Hospital Premier, Cinemateca Brasileira e OBORÉ, a edição 2011 do Ciclo de Cinema e Reflexão Aprender a Viver, Aprender a Morrer retoma a experiência bem sucedida do 1º, 2º e 3º Ciclos, em 2008, 2009 e 2010, e das Sessões Averroes - encontros mensais de cinema e reflexão - que já atraíram para a Cinemateca um público de mais de três mil pessoas de mais de 150 diferentes instituições.

A exemplo dos anos anteriores, o evento destina-se, sobretudo, a profissionais e estudantes da área da saúde, comunicação e humanidades, e a todos os interessados em refletir, examinar e debater a condição humana, a vida e sua terminalidade.

Neste ano, junto às temáticas dos cuidados paliativos e do envelhecimento, o 4º Ciclo presta homenagens a Ecléa Bosi, destacando seus estudos ligados à memória e enaltecendo a vida não só como um fenômeno biológico mas também biográfico. Ecléa Bosi recebe o Prêmio Averroes 2011 em cerimônia no domingo, 11 de setembro, a partir das 18h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário